Como pegar Informe de Rendimentos do INSS e emitir o extrato?

Post Image

Os beneficiários do INSS que precisam entregar a DIRPF (Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física) em 2024, têm que declarar os valores recebidos durante todo o ano de 2023.

Por isso, o sistema do INSS dispõe de um documento oficial chamado de informe de rendimentos.

Esse documento especifica os valores que os beneficiários da previdência recebem em cada mês e que são descontados por meio do IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte).

Como se trata de um relatório que auxilia no preenchimento correto da DIRPF, é importante que você aprenda a obtê-lo de forma virtual, pela internet.

Neste conteúdo, compreenda como pegar seu informe de rendimentos no site ou aplicativo Meu INSS e muito mais.

Acompanhe os tópicos abaixo e descubra tudo sobre o informe:  

O que é o Informe de Rendimentos do INSS?

O informe de rendimentos do INSS é um documento oficial que comprova todos os valores recebidos por aposentados e pensionistas em um determinado ano-base.

Saiba! O informe de rendimentos também é chamado de: 

  • Extrato de Imposto de Renda;
  • Extrato do INSS (não confunda com o Extrato CNIS, que volta e meia também é chamado de Extrato do INSS por diversos segurados); ou
  • Demonstrativo do Imposto de Renda.
Outras expressões para o Informe de Rendimentos

Por exemplo, se você recebe uma aposentadoria por idade, todos os valores referentes a esse benefício recebido em 2023, constarão no seu informe de rendimentos de 2024.

Além da aposentadoria por idade, também é importante consultar seu informe de rendimentos para entregar a DIRPF de 2024, dos benefícios abaixo:

Benefícios do INSS tributáveis

Importante! Como o informe de rendimentos especifica o desconto do IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte), ele também pode ser útil para a restituição do imposto de renda

Quando devo consultar o Extrato do INSS no Meu INSS?

Você deve consultar o extrato do INSS, no site ou aplicativo Meu INSS, quando for declarar seu Imposto de Renda.

Normalmente, o momento ideal para consultar seu extrato é no início de cada ano, mais precisamente em fevereiro, que é quando os extratos são disponibilizados no Meu INSS.

Ou seja, o melhor período para consultar seu extrato é um pouco antes de você enviar sua DIRPF (Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física) para a Receita Federal.

Saiba! Em regra, o aposentado ou pensionista que recebeu acima de R$ 30.639,90 de benefício em 2023, deve declarar o Imposto de Renda em 2024.

Os beneficiários do INSS que têm alguma das doenças graves listadas na lei 7.713/1988 não precisam preencher e enviar a declaração anual à Receita Federal.

Doenças graves listadas na lei 7.713/1998

Quando o INSS libera o extrato do Imposto de Renda 2024?

O INSS liberou o acesso aos extratos do IR (Imposto de Renda) em fevereiro de 2024.

Os extratos do IR (demonstrativos/informes de rendimentos) dos aposentados e pensionistas do Instituto estão disponíveis para consulta desde 21/02/2024.

Atenção! Com exceção dos afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul, o prazo para entrega da DIRPF (Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física) foi até 31/05/2024.

Aposentados e pensionistas que moram em um dos 336 municípios arrasados pelas enchentes no RS têm a possibilidade de entregar a DIRPF até 31/08/2024.

Como é o extrato do Imposto de Renda do INSS?

O extrato do Imposto de Renda do INSS é um documento oficial semelhante a este: 

Modelo de um Informe de Rendimentos do Meu INSS
(Fonte: Meu INSS)

Em um extrato do Imposto de Renda do INSS, constam as informações abaixo.

Fonte pagadora, como pessoa física ou jurídica:

  • CNPJ/CPF;
  • Nome da empresa/Nome completo;
  • Uso interno.

Pessoa física beneficiária dos rendimentos:

  • CPF;
  • Nome completo;
  • Número do benefício;
  • Natureza do rendimento.

Rendimentos tributáveis, deduções e IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte):

  • Total de rendimentos (inclusive férias);
  • Contribuição previdenciária oficial;
  • Contribuição à previdência privada e ao Fapi (Fundo de Aposentadoria Programada Individual);
  • Pensão alimentícia;
  • Imposto retido na fonte.

Rendimentos isentos e não tributáveis:

  • Parcela isenta dos proventos de aposentadoria, reserva, reforma e pensão (65 anos ou mais), exceto a parcela isenta do 13º salário;
  • Parcela isenta do 13º salário de aposentadoria, reserva remunerada, reforma e pensão (65 anos ou mais);
  • Diárias e ajuda de custo;
  • Pensão, proventos de aposentadoria ou reforma por moléstia grave, aposentadoria ou reforma por acidente em serviço;
  • Lucro e dividendo apurado a partir de 1996 pago por pessoa jurídica (lucro real, presumido ou arbitrado);
  • Valores pagos ao titular ou sócio da microempresa ou empresa de pequeno porte, exceto pró-labore, aluguéis ou serviços prestados;
  • Indenização por rescisão de contrato de trabalho, inclusive a título de PDV (Plano de Demissão Voluntária) e acidente de trabalho;
  • Juros de mora recebidos, devidos por atraso no pagamento de remuneração por exercício de emprego, cargo ou função;
  • Entre outros.

Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva (rendimento líquido):

  • 13º salário;
  • Imposto sobre a renda retida na fonte sobre o 13º salário;
  • Entre outros.

Rendimentos recebidos acumuladamente (sujeitos à tributação exclusiva):

  • Total de rendimentos (inclusive férias e 13º salário);
  • Exclusão: Despesa com ação judicial;
  • Dedução: Contribuição previdenciária oficial;
  • Dedução: Pensão alimentícia;
  • Imposto sobre a Renda Retido na Fonte;
  • Rendimentos isentos de pensão, proventos de aposentadoria ou reforma por moléstia grave ou aposentadoria ou reforma por acidente em serviço.

Como faço para pegar o Informe de Rendimentos do INSS?

Você pode pegar o informe de rendimentos do INSS no site ou aplicativo Meu INSS.

Isso tanto pelo computador quanto pelo celular. Basta utilizar um único dado particular, que é o seu CPF, e a senha cadastrada no Portal Meu INSS.

Siga o passo a passo abaixo e descubra que pegar seu informe de rendimentos é fácil:

  1. Entre no site ou aplicativo Meu INSS;
  2. Clique em “Entrar com gov.br”;
  3. Digite seu CPF e clique em “Continuar”;
  4. Insira sua senha cadastrada e clique em “Entrar”;
  5. Digite “Extrato de Imposto de Renda” na barra onde aparece uma lupa:
Extrato de Imposto de Renda no Meu INSS
(Fonte: Meu INSS)
  1. Escolha o ano calendário do Extrato de Imposto de Renda que deseja gerar e consulte todos os seus benefícios ativos e cessados:
Benefícios ativos e cessados para gerar o Informe de Rendimentos no Meu INSS
(Fonte: Meu INSS)
  1. Clique no benefício ativo para gerar um resumo do seu informe:
Resumo de um extrato de imposto de renda no Meu INSS
(Fonte: Meu INSS)
  1. Role a tela do seu informe até o final e clique em “baixar PDF”;
  2. Salve seu informe para consultá-lo quando precisar.

Saiba! O aplicativo Meu INSS, o site do Meu INSS e o portal Meu INSS são a mesma coisa. No geral, as pessoas costumam se referir a esse sistema do Instituto de diversas formas. 

Como fazer o cadastro no portal Meu INSS?

Caso você ainda não tenha cadastro no portal Meu INSS, o que é bastante improvável para quem já é aposentado ou pensionista, vou ensinar a fazê-lo rapidamente.

Confira o passo a passo abaixo:

  1. Entre no site ou aplicativo Meu INSS;
  2. Clique em “Entrar com gov.br”;
  3. Digite seu CPF e clique em “Continuar”;

Saiba! Aqui na Ingrácio, recomendamos que você faça seu cadastro com o número do seu CPF. Mas, além do CPF, existem várias opções que podem ser utilizadas.

  1. Escolha a opção que preferir para fazer seu cadastro:
    • Validação Facial no App Meu gov.br;
    • Bancos Credenciados;
    • Internet Banking;
    • Número do CPF;
    • Certificado digital; e
    • Certificado digital em nuvem.
  2. Preencha seus dados solicitados:
    • Nome completo;
    • Número de telefone celular; 
    • Endereço de e-mail;
    • Primeiro nome da sua mãe;
    • Mês do seu nascimento;
    • Ano do seu nascimento; 
    • Vínculos empregatícios;
    • Contribuições feitas ao INSS;
    • Benefícios que já recebeu; e
    • Demais informações solicitadas.
  3. Cadastre uma senha para a sua conta gov.br, que será a mesma senha utilizada tanto para você acessar o Meu INSS quanto outras plataformas gov.br.

Importante! Caso você não consiga fazer seu cadastro no Meu INSS, ligue para a central telefônica do Instituto pelo número 135

Geralmente, os atendimentos da central funcionam de segunda a sábado, das 7h às 22h. 

Há outros modos de obter o demonstrativo de rendimentos?

Além de obter o demonstrativo/informe de rendimentos no site ou aplicativo Meu INSS, você (aposentado ou pensionista) também consegue esse documento com o banco pelo qual recebe seu benefício todos os meses.

Modelo de Informe de Rendimentos da Caixa Econômica Federal

Perguntas frequentes sobre o Informe de Rendimentos do INSS

Confira as respostas de algumas perguntas frequentes sobre o informe de rendimentos do INSS, também chamado de extrato do INSS ou de demonstrativo do IR (Imposto de Renda).

Como tirar o Extrato do INSS pelo CPF?

Para tirar o extrato do INSS pelo CPF, você precisa ter feito seu cadastro gov.br pela opção “Número do CPF”

Feito isso, acesse o site ou aplicativo Meu INSS, faça o login com o número do seu CPF e a senha cadastrada no gov.br. 

Como tirar o Extrato do INSS pelo celular?

Para tirar o extrato do INSS pelo celular, acesse o site do Meu INSS pelo navegador do seu celular ou pelo aplicativo “Meu INSS” depois de baixá-lo no seu telefone.

Como tirar Extrato do INSS sem senha?

Não tem como tirar o extrato do INSS sem uma senha cadastrada no sistema gov.br.

Como acessar o Meu INSS pelo site?

Para acessar o Meu INSS pelo site, entre neste endereço: https://meu.inss.gov.br.

Como entrar no Meu INSS sem ser pelo gov?

Sem ser pelo gov.br, você pode entrar no Meu INSS direto pelo site ou aplicativo Meu INSS.

Por que não consigo entrar no site do INSS?

O motivo pelo qual você não está conseguindo entrar no site do INSS pode estar relacionado a uma série de fatores. 

É comum o site do INSS ficar fora do ar e inacessível por algum tempo.

No entanto, o problema também pode estar relacionado à sua conexão com a internet, ao seu computador ou aparelho de celular.

Caso o seu navegador apresente erro com o código 1004, faça a limpeza de cache, cookies e histórico de acessos na barra de navegação do seu computador.

Conclusão

Neste conteúdo, você aprendeu como pegar seu informe de rendimentos no site ou aplicativo Meu INSS e que também é possível pegar o informe direto no seu banco.

Além disso, você também descobriu que o informe é importante, porque os beneficiários da previdência que precisam entregar a Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física em 2024 têm que declarar os valores recebidos durante todo o ano de 2023.

E é nesse documento oficial – no informe – que estão especificados todos os valores que os aposentados e pensionistas recebem mensalmente e que são descontados por meio do IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte).

Gostou de ler este artigo e aprender como pegar seu informe pela internet?

Se você conhece alguém que não sabe disso, compartilhe o passo a passo.

Em caso de dúvida, busque o auxílio de um advogado de confiança, especialista em direito previdenciário.

Abraço! E até a próxima.

Plano de Aposentadoria
  • 1 hora de consulta com advogado especializado.
  • Todos os cálculos e projeções de quando você irá se aposentar.
  • Análise da sua documentação completa.
  • Orientação de como dar entrada ou regularizar sua aposentadoria
quero saber mais

Receba Novidades Exclusivas sobre o INSS

Entre na nossa lista e junte-se a mais de 40 mil pessoas

Compartilhe o conteúdo:

BRUNA-autora-280x280

Escrito por:

Bruna Schlisting

Registro Profissional de Jornalista nº 21240

Além de advogada, é jornalista e redatora dos conteúdos do blog da Ingrácio Advocacia. A Bruna adora samba, ir a shows e um dos seus maiores prazeres é fotografar.

Gostou do conteúdo?

Equipe:

  • julia-autora
    Julia Culpi
    Planejamento
  • regiane-autora
    Regiane Reguelim
    Revisão jurídica
  • elora-brands
    Elora Brands
    Design