Os 5 Golpes Mais Comuns do INSS e Como Evitar

Post Image

Você já recebeu ligações ou mensagens de alguém se passando por um representante do INSS? Houve perguntas sobre seus dados e/ou benefícios previdenciários? Cuidado. 

Pode ser uma tentativa de golpe contra você.

Embora servidores do Instituto já tenham precisado falar com alguns beneficiários por meio da Central Telefônica 135, geralmente o INSS não entra em contato com os segurados.

De forma frequente, tem ocorrido um aumento nos casos de golpes sofridos pelos segurados do INSS. Os meios mais comuns, usados pelos golpistas, são por:

  • Ligações telefônicas; 
  • Mensagens de texto no celular; 
  • WhatsApp;
  • E-mail.

Agora, fique tranquilo. Sabe por quê? 

Neste texto, eu vou explicar quais são os 5 golpes mais comuns praticados contra os segurados do INSS.  Aqui, você vai aprender o que poderá ser feito para se prevenir.

golpes mais comuns do INSS contra aposentados e pensionistas

Golpe da ligação para agendar perícia ou informar exigência a ser cumprida

Devido à pandemia da Covid-19, as perícias médicas, que já estavam agendadas enquanto as agências do INSS permaneciam fechadas, tiveram que ser adiadas.

Por esse motivo, os servidores faziam ligações aos segurados com o intuito de que as perícias fossem remarcadas.

Também, poderiam ocorrer ligações a respeito de possíveis exigências em aberto.

No entanto, alguns criminosos ainda ligam para os segurados na tentativa de conseguirem informações e/ou documentos pessoais, mesmo após as agências terem reaberto.

Em qualquer situação, você poderá usar duas táticas para não cair em golpes:

Fique atento às informações solicitadas pelo atendente

As ligações são feitas apenas para prestar informações aos segurados. 

Caso o INSS precise de alguma informação ou documento seu, o atendente irá pedir para você fazer isso por meio do sistema Meu INSS.

Sendo assim, o atendente do INSS jamais pedirá por telefone, por exemplo, seus dados. 

Tais como: 

  • CPF;
  • Dados bancários;
  • Senha;
  • Número de cartão.

Afinal, eles já têm esses dados no seu cadastro. 

Cuidado: o INSS nunca irá pedir por telefone seus dados pessoais, como CPF, senha ou número do cartão.

Peça para o atendente colocar a solicitação ou informação no sistema Meu INSS

Existe outra forma de você saber se uma ligação, por exemplo, é verdadeira. 

Peça ao servidor/atendente para fazer solicitações através do Meu INSS, já que este é o meio formal de comunicação e solicitação de informações ou documentos dos segurados.

Exemplo do Francisco

Em determinada tarde, o segurado Francisco recebeu uma ligação falsa, de alguém se passando por um servidor do INSS. 

O suposto servidor relatou que Francisco possuía uma exigência em aberto

Por trás da linha, a pessoa dizia que, para que Francisco conseguisse cumprir a exigência, ele deveria fazer o envio de seus documentos.

Sabe qual foi a reação de Francisco?

Antenado sobre a prática de golpes, ele pediu para que o suposto atendente fizesse a solicitação da documentação online, por meio do sistema Meu INSS.

Felizmente, Francisco se safou por estar bem informado. Simplesmente, ele conseguiu passar por cima da lábia de um oportunista. 

Bem mais seguro, não acha?

Nunca informe nenhum dado pessoal seu por telefone, aplicativos (como o WhatsApp) ou e-mail.

Alerta: não informe nenhum dado seu por telefone, e-mail, aplicativos de mensagens ou por meios parecidos. Apenas o Meu INSS é o meio formal de comunicação e de solicitações.

Caso isso ocorra, diga que irá confirmar tudo direto no Meu INSS, que é um sistema seguro.

Se não houver exigências para serem cumpridas no sistema, certamente a tentativa será a de fazer com que você seja vítima de um golpe.

Golpe da promessa de que você tem valores atrasados para receber

No golpe da promessa dos atrasados, o estelionatário entrará em contato e informará que você tem valores atrasados do seu benefício para receber da Previdência. 

Porém, o golpista provavelmente dirá que existe uma “taxa” para que os seus valores atrasados sejam liberados.  

Na sequência, o estelionatário irá solicitar que o depósito seja feito em uma conta bancária. Ele irá mentir que os seus valores somente serão liberados mediante o pagamento da taxa.

Em situações como essa, fique esperto. 

Se o benefício realmente existir, o INSS jamais irá cobrar para liberar o pagamento de valores atrasados, que são seus por direito. 

Caso isso aconteça, desligue o telefone e não dê confiança para um golpista.

Infelizmente, o golpe da promessa de valores ainda tem sido bastante comum. 

Golpe do benefício bloqueado 

Já no golpe do benefício bloqueado, o objetivo do criminoso será o de conseguir os seus dados pessoais. 

A intenção maldosa dele será a de utilizar o seu nome em compras e pedidos de empréstimos.

No caso desse golpe, você será informado de que o seu benefício está bloqueado. O criminoso vai dizer que, para você fazer o desbloqueio, será necessário confirmar algumas informações. 

Por isso, não informe seus dados:

  • Pessoais: nome completo, data de nascimento, endereço, RG, CPF;
  • Bancários: número de cartão do INSS, senhas.

Lembre-se: como o INSS já possui todos os seus dados, o Instituto, por meio de um servidor, não vai pedir atualização de cadastro por telefone, e-mail ou outro meio parecido.

Portanto, se alguém entrar em contato com você, não entre em desespero. Apenas não informe os seus dados pessoais e os seus dados bancários.

Golpe da promessa de aumentar o valor do seu benefício

Algum advogado já afirmou ser possível aumentar o valor do seu benefício?

A resposta é de que isso será possível, mas somente em situações específicas

Melhor dizendo, o aumento do valor do seu benefício apenas poderá acontecer através de uma ação judicial de revisão de aposentadoria.

Para se prevenir desse golpe, recomendo que você faça a leitura de outros materiais aqui do nosso Blog. A partir dos textos abaixos, você vai entender se você se encaixa nas possibilidades de revisão do Teto:

Se você não se encaixa nas situações que apresentamos acima, preste atenção nas promessas falsas. Certamente, será golpe.

Aproveitando o embalo, eu já digo que um advogado sério e honesto, especialista em Direito Previdenciário, irá proporcionar projeções baseadas na análise do seu caso.

Aliás, um especialista nunca faz promessas. As informações de um verdadeiro profissional deverão ser todas baseadas em horas de estudo sobre a situação de cada cliente. 

Outro golpe muito comum, que tem sido aplicado, é o envio de um link por mensagem de texto do celular ou através do WhatsApp. 

Normalmente, é um link que, supostamente, parecerá ter sido enviado pelo banco do segurado, com o pedido de solicitação e atualização de dados cadastrais.

Ou, ainda, informando a existência de pendências no seu CPF, que poderão ser resolvidas através desse link.

Ao clicar no link, muitas vezes o site poderá parecer confiável. 

Com isso, você poderá acabar digitando dados pessoais importantes e até mesmo senhas que poderão ser usadas para a realização de empréstimos, por exemplo.

Tome muito cuidado. O seu banco jamais pedirá uma atualização de cadastro por mensagem de celular, e-mail ou WhatsApp.

Portanto, caso você receba uma mensagem do seu banco solicitando a atualização dos seus dados cadastrais, não clique no link. Sem dúvidas, é um golpe.

Como fugir e se prevenir dos golpes na Internet e Telefone?

Como eu disse ao longo deste material, o INSS nunca entrará em contato com você para pedir dados pessoais.

Então, caso alguém solicite seu nome completo, CPF, RG ou dados bancários, não forneça nenhuma informação.

Outra coisa que jamais acontecerá é alguém pedir informações sobre o seu benefício.

Afinal de contas, os servidores e atendentes do INSS têm todas as informações necessárias, sobre o seu benefício, no banco de dados do próprio Instituto. 

Logo, se alguém estranho fizer solicitações de informações, isso já será um motivo suficiente para você desconfiar. 

Das formas de se prevenir, além das quais já mencionei neste conteúdo, outra maneira excelente será a de você ficar sempre atento ao sistema Meu INSS.  

Neste sistema, você terá acesso ao andamento dos seus requerimentos e a todas as informações a respeito do seu benefício.

Para facilitar, baixe o aplicativo do Meu INSS no seu celular. 

Assim, você vai conseguir fazer consultas mais rápidas.

Mais uma alternativa bacana será a de você ligar para a Central Telefônica 135 do INSS. Ao fazer essa ligação, você conseguirá confirmar se recebeu, ou não, uma chamada telefônica fraudulenta, de um “pseudo-atendente” do Instituto. 

Minha última dica, extremamente valiosa, é para que você fique sempre de olho aqui no Blog do Ingrácio

Constantemente, atualizamos informações importantes sobre benefícios e situações que podem ocorrer durante a tramitação dos seus requerimentos no INSS. 

Com informações de qualidade e o acompanhamento semanal de conteúdos, você vai ficar super antenado e, além disso, esperto quando tentarem passar a perna em você. 

Achou o conteúdo necessário?

Então, compartilhe esse artigo com seus conhecidos, amigos e familiares. Ajude a evitar que mais pessoas caiam em golpes de pessoas oportunistas.

Até a próxima! Um abraço.

Plano de Aposentadoria
  • 1 hora de consulta com advogado especializado.
  • Todos os cálculos e projeções de quando você irá se aposentar.
  • Análise da sua documentação completa.
  • Orientação de como dar entrada ou regularizar sua aposentadoria
quero saber mais

Receba Novidades Exclusivas sobre o INSS

Entre na nossa lista e junte-se a mais de 40 mil pessoas

Compartilhe o conteúdo:

ingracio-advocacia-autor

Escrito por:

Ingrácio Advocacia

OAB/PR 1517

Escritório de Advocacia especializado em aposentadorias no INSS, com atendimento em todo o Brasil e Exterior. 20 anos de tradição.

Gostou do conteúdo?

Equipe:

  • julia-autora
    Julia Culpi
    Planejamento
  • bruna-autora
    Bruna Schlisting
    Revisão geral
  • regiane-autora
    Regiane Reguelim
    Revisão jurídica
Author Profile Picture

Ingrácio Advocacia

OAB/PR 1517

Escritório especialista em direito previdenciário

Compartilhe esse artigo