Todos os anos, o INSS publica o calendário de pagamento dos benefícios previdenciários, incluindo as aposentadorias.

Neste ano de 2023 que se inicia, muitos segurados se perguntam quando vão começar a receber seus benefícios com os novos valores.

Fique tranquilo!

Todos os segurados têm direito a um reajuste no valor de seus benefícios previdenciários. E é exatamente por isso que escrevi este conteúdo.

Continue comigo neste artigo, pois logo você entenderá os seguintes pontos:

1. Qual foi o reajuste dos benefícios do INSS para 2023?

Caso você não saiba, os benefícios previdenciários do INSS são reajustados todos os anos.

Em 2023, o reajuste foi de:

  • 5,93%, para benefícios acima do salário mínimo.
  • 7,4% para benefícios no valor do salário mínimo.

Isso é feito para que os segurados não percam o poder de compra.

Imagine alguém que começou a receber R$ 1.020,00 em 2010, o equivalente a dois salários-mínimos na época.

Se os reajustes não existissem, o segurado ainda estaria recebendo os mesmos R$ 1.020,00 em 2023.

Ou seja, um valor inferior ao salário-mínimo de 2023, que é de R$ 1.302,00.

Portanto, nada mais justo do que existir a atualização monetária nos valores dos benefícios previdenciários.

O reajuste atual é feito com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O INPC considera o custo de vida das famílias que recebem até 5 salários-mínimos.

Em razão da inflação de um ano, ocorrida no Brasil, aliada ao aumento de valores de produtos e serviços, o INPC final é publicado em janeiro do ano seguinte pelo IBGE.

Novos valores de benefícios para 2023

Os novos valores dos benefícios previdenciários começaram a valer a partir do dia 1º de janeiro de 2023.

Porém, vale dizer que existem dois tipos de valores recebidos pelos beneficiários do INSS:

  • aqueles que recebem um salário-mínimo por mês;
  • aqueles que recebem acima de um salário-mínimo por mês.

Em um mundo ideal, o índice de reajuste do valor do salário-mínimo e dos benefícios acima do mínimo deveriam ser iguais, mas não são.

Acompanhe a tabela abaixo:

AnoVariação de benefícios acima do salário-mínimoVariação de benefícios no valor do salário-mínimo
199542,86%42,86%
199615%12%
19977,76%7,14%
19984,81%8,33%
19994,61%4,62%
20005,81%11,03%
20017,66%19,21%
20029,2%11,11%
200319,71%20%
20044,53%8,33%
20056,36%15,38%
20065,01%16,67%
20073,3%8,57%
20085%9,21%
20095,92%12,05%
20106,14%9,68%
20116,47%6,86%
20126,08%14,13%
20136,2%9%
20145,56%6,78%
20156,23%8,84%
201611,28%11,68%
20176,58%6,48%
20182,07%1,81%
20193,43%4,61%
20204,48%4,7%
20215,45%5,26%
202210,16%10,18%
20235,93%7,4%

Perceba que existem anos em que a variação dos benefícios no valor do salário-mínimo foram superiores aos benefícios acima de um salário-mínimo, e vice-versa.

Portanto, existem anos em que o reajuste pode ser um pouco defasado.

reajuste dos benefícios do INSS 2023

Especificamente para 2023, o reajuste dos benefícios que levam como valor um único salário-mínimo, a quantia que você vai receber este ano é de R$ 1.302,00.

A variação foi de 7,4% em comparação ao mínimo de 2022.

Quais benefícios sempre serão no valor do salário mínimo?

Caso você não saiba, existem alguns benefícios previdenciários limitados ao salário-mínimo, como, por exemplo:

Atenção: para quem recebe acima do mínimo em 2023, o benefício aumentou 5,93% em relação ao ano passado.

Exemplo do Rafael

exemplo rejuste de benefícios para 2023

Rafael conseguiu sua aposentadoria especial em 2015, após uma longa batalha na Justiça para alcançar o seu tão sonhado benefício.

Em 2022, ele recebeu a quantia de R$ 4.630,67 de aposentadoria.

Neste ano de 2023, o segurado receberá R$ 4.630,67 + 5,93%.

Isto é, Rafael terá um benefício no valor de R$ 4.905,60 em 2023, com aumento de R$ 274,60 no reajuste (com base no INPC).

Exceção: segurados que tiveram seus benefícios pagos acima do mínimo a partir de 2022

Se você recebe um benefício acima do salário-mínimo e começou a receber o benefício a partir de fevereiro de 2022, seu reajuste não será  de 5,93%.

Isso acontece pois o INPC que reajusta os benefícios é referente ao percentual acumulado em um único ano.

Caso o benefício tenha sido pago a partir de 2022 (exceto janeiro), o reajuste será proporcional ao INPC acumulado naquele período.

Veja quanto o seu benefício aumenta, conforme a sua Data do Início do Benefício (DIB):

Data de Início do Benefício (DIB)Reajuste (%)
Até janeiro de 20225,93%
Em fevereiro de 20225,23%
Em março de 20224,19%
Em abril de 20222,43%
Em maio de 20221,38%
Em junho de 20220,93%
Em julho de 20220,30%
Em agosto de 20220,91%
Em setembro de 20221,22%
Em outubro de 20221,55%
Em novembro de 20221,07%
Em dezembro de 20220,69%

Perceba que existem alguns meses mais próximos, com um índice de reajuste maior do que em meses mais distantes.

O lógico seria que esse percentual aumentasse a cada mês, não concorda?

Exemplo: em outubro de 2022, o percentual de reajuste estava em 1,55%, contra os 0,30% de julho daquele mesmo ano.

Isso ocorreu, porque no mês em questão houve um aumento significativo do INPC, mas que não foi totalmente corrigido para o benefício do segurado.

Então, por exemplo, imagine que a sua aposentadoria teve a Data do Início do Benefício (DIB) fixada em maio de 2022, no valor de R$ 3.000,00.

Em 2023, você receberá R$ 3.000,00 + 1,38% = R$ 3.041,40.

2. Como funciona o calendário de pagamentos?

Explicado o reajuste dos benefícios previdenciários do INSS em 2023, agora vou falar sobre o calendário de pagamentos de 2023.

O reajuste começou a valer a partir de janeiro de 2023.

Porém, se engana quem pensa que, desde janeiro deste ano, você já deveria ter seu benefício reajustado.

Exemplo do Otto

Imagine que Otto trabalha em uma empresa e recebe R$ 2.000,00 por mês.

No final de dezembro de 2022, ele foi surpreendido com uma promoção em uma nova função.

Otto começou a receber R$ 3.000,00 a partir da folha de pagamento de janeiro de 2023.

Em janeiro de 2023, contudo, ele recebeu o correspondente ao seu salário de dezembro de 2022, que era de R$ 2.000,00.

De fato, Otto só vai ter direito a esses R$ 3.000,00 a partir de fevereiro de 2023, que é quando houve o efetivo trabalho na nova função.

No reajuste do INSS, é a mesma coisa!

Embora o reajuste tenha iniciado em janeiro de 2023, você somente vai sentir a real mudança no seu bolso a partir de fevereiro de 2023.

Importante: o benefício previdenciário é pago pelo INSS em datas diferentes.

Lembre-se que o Instituto tem milhões de segurados espalhados pelo Brasil.

Por isso, acredito que seria praticamente impossível fazer tantas ordens de pagamento em uma mesma data, para todos os segurados.

Então, os beneficiários do INSS podem receber seus valores mensais em datas diferentes.

Em um primeiro momento, o que interfere na data de pagamento dos benefícios é o quanto uma pessoa recebe por mês.

Os segurados que têm direito a um único salário-mínimo por mês (R$ 1.302,00 em 2023), recebem antes daqueles que ganham acima desse valor.

Outro fator que interfere é o número do benefício previdenciário, o famoso NB.

Para você saber o seu NB, basta entrar no site do Meu INSS.

O número do seu benefício vai aparecer assim que você entrar no sistema.

O INSS utiliza o último número do seu benefício, desconsiderando o número após o dígito (traço) no pagamento dos valores.

Exemplo: se o seu número de benefício é 987.654.321-0, o número que você deve se atentar é o 1 (lembrando que desconsideramos o número após o traço/dígito).

3. Tabela: calendário de pagamentos do INSS 2023

As datas de pagamento dos benefícios previdenciários são divididos entre:

  • quem ganha até um salário-mínimo;
  • quem ganha acima de um salário-mínimo.

Tabela de pagamento para quem ganha até um salário-mínimo (R$ 1.302,00)

Último NB sem considerar o número após o dígito/traçoData que você vaireceber o benefício
125 de janeiro
226 de janeiro
327 de janeiro
430 de janeiro
531 de janeiro
61 de fevereiro
72 de fevereiro
83 de fevereiro
96 de fevereiro
07 de fevereiro

Exemplo: se o seu número de benefício (NB) for 456.123.789-0, você deve olhar somente para o número 9, pois desconsideramos o número após o dígito/traço.

Portanto, seu valor de benefício reajustado vai ser pago em 6 de fevereiro de 2023.

Acima, dei o exemplo do pagamento referente à folha de pagamento de janeiro de 2023.

Abaixo, deixo o calendário completo com as datas dos pagamentos de 2023.

calendário de pagamentos do INSS 2023

Tabela de pagamento para quem ganha acima de um salário-mínimo

Último NB sem considerar o número após o dígito/traçoData que você vai receber o benefício
1 e 61 de fevereiro
2 e 72 de fevereiro
3 e 83 de fevereiro
4 e 96 de fevereiro
5 e 07 de fevereiro

Imagine, então, que o seu NB seja: 987.654.321-0.

Observando a tabela, você vai receber seu benefício reajustado em 1º de fevereiro de 2023.

Também, incluí o calendário da folha de pagamento de janeiro de 2023 neste artigo.

O calendário completo está disponível na imagem abaixo.

calendário de pagamentos do INSS para quem recebe até um salário-mínimo em 2023

4. Antecipação do 13° salário para 2023

Nos últimos 3 anos, sabemos que o 13º salário dos beneficiários do INSS foi antecipado da seguinte forma:

  • 50% do 13º foi pago entre abril e maio;
  • os outros 50% do 13º foram pagos entre maio e junho.

Em razão da pandemia causada pela Covid-19, isso não foi estabelecido apenas com o objetivo de acelerar a economia. Mas, também, por conta dos possíveis gastos que os beneficiários do INSS poderiam ter naquele momento difícil.

Neste ano de 2023, contudo, não há a expectativa de que o 13º salário dos beneficiários seja antecipado.

Isso porque, felizmente, a pandemia está bem mais controlada do que nos anos anteriores.

Portanto, tudo indica que o 13º vai ser pago nos moldes antigos.

Tabela de pagamento do 13º para quem ganha até um salário-mínimo (R$ 1.302,00)

Primeira parcela

Último NB sem considerar o número após o dígito/traçoData que você vai receber o benefício
125 de agosto
228 de agosto
329 de agosto
430 de agosto
531 de agosto
61 de setembro
74 de setembro
85 de setembro
96 de setembro
08 de setembro

Segunda parcela

Último NB sem considerar o número após o dígito/traçoData que você vai receber o benefício
124 de novembro
227 de novembro
328 de novembro
429 de novembro
530 de novembro
61 de dezembro
74 de dezembro
85 de dezembro
96 de dezembro
07 de dezembro

Tabela de pagamento para quem ganha acima de um salário-mínimo

Primeira parcela

Último NB sem considerar o número após o dígito/traçoData que você vai receber o benefício
1 e 61 de setembro
2 e 74 de setembro
3 e 85 de setembro
4 e 96 de setembro
5 e 08 de setembro

Segunda parcela

Último NB sem considerar o número após o dígito/traçoData que você vai receber o benefício
1 e 61 de dezembro
2 e 74 de dezembro
3 e 85 de dezembro
4 e 96 de dezembro
5 e 07 de dezembro

Conclusão

Com este conteúdo, você entendeu melhor como funciona o pagamento dos benefícios previdenciários no INSS.

Primeiro, você entendeu como o reajuste anual dos benefícios ocorre.

Além disso, comentei que a porcentagem de aumento é diferente para quem recebe um salário-mínimo e para quem recebe acima do mínimo.

Depois, expliquei como acontece o pagamento dos valores mensais dos benefícios do INSS, bem como os fatores que influenciam na data em que a pessoa recebe o benefício.

Na sequência, mostrei as tabelas de pagamento e os dias exatos que você vai receber seu benefício previdenciário já reajustado.

E, por último, falei sobre a (não) antecipação do 13º salário para este ano de 2023.

Como são questões importantes, leia e releia este artigo quantas vezes achar necessário.

Conhece alguém que precisa saber das informações deste conteúdo?

Aproveita e compartilha o artigo com seus amigos, conhecidos e familiares via Whatsapp.

Você pode ajudar muita gente!

Agora, vou ficando por aqui.

Um abraço! Até a próxima.

ben-hur-cuesta

OAB/PR 92.875
Advogado-Pesquisador em Direito Previdenciário e Mestre em Direito Internacional e Europeu. Apaixonado por Música Popular Brasileira e um bom açaí na tigela.

Compartilhe o conteúdo:

Plano de Aposentadoria

Cuidamos da sua Aposentadoria do início ao fim. Somos especializados em aposentadorias no INSS com atendimento online em todo o Brasil e Exterior.

Quero saber