Como consultar o resultado de Aposentadoria no Meu INSS

Passo a passo completo de como consultar o resultado do seu pedido de aposentadoria na internet pelo Meu INSS. E o que fazer se for negado?
Ben-Hur Cuesta
08.04.2020

Baixe agora sua Checklist Interativa | 4 Passos para contratar um Advogado Online

Baixe nossa Checklist Interativa

consultar-resultado-aposentadoria

Chegou a hora tão esperada: você vai até o Meu INSS para saber o resultado da sua aposentadoria. Chega a dar um certo medo, né?

Por um lado, você vê aquela mensagem de “benefício deferido” e faz você refletir sobre todos os seus suados anos de trabalho. Agora você conseguirá descansar e ter seu merecido dinheiro todos os meses.

Por outro, pode ser o início da dor de cabeça, ainda mais quando você possui direito à aposentadoria que o INSS não reconheceu….

Mas fique tranquilo, neste post, você saberá:

  • Como consultar o resultado da aposentadoria no INSS?
  • O que fazer se o benefício for concedido?
  • O que fazer se o benefício for negado?
  • Como consultar o resultado da aposentadoria no INSS?

    1º passo: você deve acessar o site do Meu INSS. Você chegará numa tela como essa:

    acesso ao site meu inss

    Após isso, você deve clicar em “ENTRAR”, que está em azul.

    Caso você não tenha feito nenhum cadastro no site, você deve clicar em “Cadastrar Senha” e seguir os passos que o site traz.

    Depois de você ter uma senha, volte para o site do Meu INSS e aperte em “ENTRAR”.

    2º passo: você chegará nesta tela:

    página de login do meu inss

    Primeiro você deve digitar seu CPF e depois clicar em “Próxima” e, depois disso, deve digitar sua senha.

    3º passo: pronto, você já está dentro do sistema do Meu INSS. A sua página será parecida com esta:

    todos os serviços do meu inss

    Você deve clicar na opção “Agendamentos/Solicitações”, como indicado em vermelho.

    4º passo: esta tela aparecerá e ela vai mostrar todas as suas solicitações:

    atendimento à distância no meu inss

    No caso do meu cliente, ele solicitou a Aposentadoria por Tempo de Contribuição no dia 14 de novembro de 2019. 

    Após ver a sua solicitação, você deve clicar na lupa, conforme indicado, para você ver os detalhes do seu requerimento.

    5º passo: você chegará nesta imagem com as informações do seu pedido de aposentadoria (apaguei as informações do meu cliente para a preservação de seus dados pessoais).

    detalhes do atendimento à distância no meu inss

    Você deve descer até o fim da página para aparecer essas opções:

    comprovante meu inss

    Clique em “BAIXAR PROCESSO“ e um documento começará a ser baixado em seu computador. O provável nome do arquivo é “relatorio.pdf”.

    6º passo: você deve abrir o documento baixado no computador e ir até a última página dele. Será lá que terá a informação se seu benefício foi deferido ou não, e quais foram os motivos do indeferimento, se for o caso.

    resultado da aposentadoria meu inss

    No caso do nosso cliente, seu pedido de Aposentadoria por Tempo de Contribuição foi indeferido e depois ele nos buscou

    para ingressar com uma ação judicial.

    Pronto, agora você já sabe se você está aposentado ou não. É bem simples de consultar, não é?

    O que fazer se o benefício for concedido?

    Você pode comemorar, porque você já está aposentado!

    Antes de qualquer coisa, te dou uma dica valiosa: pegue sua Carta de Concessão da aposentadoria (ela chega no seu endereço via correios ou você pode ter acesso a ela pelo Meu INSS mesmo) e confira se todos os cálculos do valor do seu benefício estão corretos.

    Pode acontecer que o INSS tenha deixado de considerar algum período de trabalho ou algum salário de contribuição. Então você deve ficar atento a isso. Todo mundo erra, é normal!

    Mas esse erro do Instituto pode custar caro para você, porque é você que perderá dinheiro.

    Então, se algum tempo ou salário de contribuição estiverem errados ou não considerados, você pode fazer um pedido de revisão de aposentadoria para demonstrar que o INSS errou nos cálculos.

    Mas cuidado: se o INSS entender que ele errou em não desconsiderar outras contribuições que já haviam sido consideradas, ele pode diminuir o valor do seu benefício.

    Por isso, você tem que ter certeza que o Instituto errou no cálculo de sua aposentadoria. O que eu sugiro, nesses casos, é a realização de uma consulta com um advogado especialista em Direito Previdenciário.

    É ele que dará mais segurança para você entrar com esse pedido de revisão de aposentadoria. É melhor você fazer isso com certeza que houve um erro do que ficar na dúvida, certo?

    Agora, se tudo estiver certo com o seu benefício, como mostra a Carta de Concessão de Benefício, basta esperar o pagamento mensal de sua aposentadoria todo o mês na conta que você indicou no início do requerimento.

    O que fazer se o benefício for negado?

    Se você viu que seu benefício foi negado, eu sinto muito… mas não precisa arrancar os cabelos, porque você ainda pode ter direito à uma aposentadoria.

    Não é só porque o INSS te disse que você não tem direito que você vai desistir de um direito que é seu, correto?

    Em caso de benefício negado, você tem duas opções:

    Se você optar por fazer um recurso administrativo mas se atente ao prazo para fazê-lo. Você tem 30 dias corridos, a partir do recebimento da carta do INSS informando o indeferimento do benefício.

    No recurso, o seu benefício será reanalisado e o Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS) verá se o Instituto cometeu alguma falha no seu requerimento, fazendo um novo julgamento da decisão administrativa do INSS.

    No próprio recurso você pode colocar as razões pelas quais você considera que está certo e o Instituto errado, podendo, inclusive, juntar comprovantes que sustentem seus argumentos.

    O julgamento do recurso administrativo é mais rápido em relação a ação judicial, mas, na maioria das vezes, não é efetivo, porque a maioria é indeferido.

    Na hipótese de você escolher fazer uma ação judicial, você precisará da presença de um advogado.

    Um ponto importante: não é necessário fazer um recurso administrativo antes da ação judicial. Se o seu benefício for indeferido pelo INSS você pode partir direto para a Justiça.

    A análise na Justiça é bem mais minuciosa do que a análise no INSS. Além disso, o juiz do seu processo pode pedir mais provas, perícias e também solicitar que sejam ouvidas testemunhas.

    Tudo isso garante mais justiça para o seu pedido de aposentadoria. Se você tiver direito a aposentadoria, na maioria das vezes sua aposentadoria é concedida na ação judicial.

    E uma informação boa: caso o seu benefício seja concedido, você terá direito às parcelas atrasadas da aposentadoria desde a data que você entrou com o requerimento administrativo no INSS. 

    Isso significa que no primeiro mês que forem pagar o seu benefício, você pode receber uma bolada.

    O processo na Justiça pode demorar mais de 3 anos, mas é um jeito de você ter o que é seu por direito: a tão sonhada aposentadoria.

    O Ingrácio tem um conteúdo completo sobre o que você deve fazer quando seu benefício for indeferido. É extremamente importante a leitura, super recomendo!

    Conclusão

    Agora você já sabe como consultar o resultado da sua aposentadoria no site do Meu INSS.

    Além disso, está por dentro de quais são os próximos passos caso seu benefício tenha sido concedido. Lembre-se de prestar atenção na Carta de Concessão e verificar se os cálculos estão corretos.

    Você também já sabe o que fazer caso seu requerimento tenha sido negado: um recurso administrativo ou fazer uma ação na Justiça. Busque seus direitos até o fim!

    E então, não sabia como era fácil consultar o resultado do seu benefício no Meu INSS? Ainda está com dúvida sobre algum passo do nosso post? Me conta aqui nos comentários.

    Todos os dias o Ingrácio está criando conteúdos que servem para te deixar ligado sobre todas as novidades do Direito Previdenciário.Para não perder nenhum conteúdo, assine nossa Newsletter e esteja antenado sobre tudo que acontece com os seus direitos.

    Receba novidades exclusivas sobre a Previdência direto de especialistas
    Entre na nossa lista e junte-se a mais de 37.000 pessoas
    Ben-Hur Cuesta

    Ben-Hur Cuesta

    Advogado-Pesquisador em Direito Previdenciário e mestrando em Direito Internacional e Europeu na Universidade Nova de Lisboa. Apaixonado por Música Popular Brasileira e um bom açaí na tigela.

    Consulta Online para Aposentadorias

    – 1 Hora de Consulta com advogado especializado.

    – Todos os Cálculos.

    Análise da Documentação.

    Orientação de como dar entrada/regularizar sua aposentadoria.

    Trabalho infantil, vale para a Aposentadoria? STJ admite o tempo

    Notícia boa para os trabalhadores rurais: o STJ afirmou que o trabalho infantil vale para a sua aposentadoria. Confira as novas regras e como comprovar no INSS.

    Restituição de IR para Aposentados com Isenção

    O Imposto de Renda é declarado anualmente pela maioria dos trabalhadores. Mas você sabia que aposentados têm direito a uma isenção no IR? Confira!

    Quem Não Pode Contribuir em Atraso no INSS?

    Contribuir em atraso é algo comum entre os trabalhadores que estão prestes a se aposentar. Mas quem pode contribuir, afinal? Descubra!

    Como Receber o Adicional de 25% na Aposentadoria por Invalidez?

    Aposentados por invalidez tem direito a receber um adicional de 25% no valor do benefício, podendo chegar a superar o teto do INSS. Confira como receber.

    Como Receber o Teto do INSS? | Valor Máximo de Aposentadoria

    Conseguir um valor alto de aposentadoria é o sonho de todos. Mas existe um limite, o teto do INSS. Descubra como receber sua aposentadoria nesse valor.

    Como Simular Aposentadoria pela Internet | Devo Confiar no Resultado?

    Você sabia que pode simular sua aposentadoria pela internet no Meu INSS? Esse serviço já está disponível e vou te mostrar como fazer.

    O que é Período de Graça no INSS?

    O período de graça gera muita confusão entre os segurados do INSS. Entenda o que é esse período, quem tem direito e como funciona.

    Documentos para Contribuir em Atraso no INSS

    Em algumas situações, é necessário comprovar as atividades realizadas no período em que se deseja contribuir em atraso no INSS. Confira quais os documentos necessários.

    Como Pagar o INSS em Atraso pela Internet? | Passo a Passo

    Você está quase lá para se aposentar mas viu que há alguns períodos trabalhados que não houveram contribuições ao INSS. Isso pode acontecer, é normal… Normalmente quando as pessoas ingressam no mercado de trabalho é comum trabalhar alguns anos e não contribuir para a...

    Como Pedir o Seguro-Desemprego pela Internet?

    Passo a Passo completo de como pedir o seu seguro-desemprego pela internet, quais documentos você precisa e o que fazer no atendimento presencial.